» »Unlabelled » Parentes das vítimas de erro médico cobram resultados


A Associação das Vítimas de Erro Médico (ASVEM/PE), em respeito aos familiares de vitimados, promove na próxima terça-feira (27) um ato para cobrar empenho na apuração de casos de erro médico denunciados e sem soluções. O encontro acontece a partir das 15h, em frente ao Cremepe. Na ocasião, serão disponibilizadas cartilhas informativas e orientações legais e preventivas aos erros médicos.
A ASVEM/PE foi criada em outubro de 2013 com o objetivo de sensibilizar a população e chamar a atenção sobre a importância de denunciar e acionar a justiça em casos de erro médico. A organização foi fundada por três irmãs da engenheira elétrica e agrônoma e funcionária da Chesf, Urbânia de Barros Carvalho Melo. Urbânia, de 47 anos, mãe de dois filhos, morreu no dia 12 de outubro de 2013, depois de ter o intestino perfurado durante cirurgia para retirada de um mioma e quadro clínico agravado após internamento de mais de 60 dias em hospital do Recife.
Segundo Urbanira Carvalho, uma das irmãs de Urbânia, “após uma histerectomia a minha irmã queixou-se de muitas dores e foi diagnosticada como gases, quando se tratava de perfuração do intestino. A sindicância para apuração do caso encontra-se no Cremepe, desde 13 de novembro de 2013, tendo cinco sindicantes nomeados para apuração, mas nenhum deles conseguiu elucidar os fatos. É um grande descaso e desrespeito à vida humana!”, lamenta.

Para mais informações, os interessados podem entrar em contato com a Associação das Vítimas de Erro Médico (ASVEM/PE) pelo fone: 3107.4843

Postador Paulo Pinto

Aqui você coloca uma descrição do postador exemplo. Oi lá! eu sou um verdadeiro entusiasta Na minha vida pessoal eu gastar tempo com a fotografia, escalada, mergulho e passeios de bicicleta da sujeira.
«
Proxima
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Deixe uma resposta