» »Unlabelled » O REENCONTRO DE ASSIS E MAURÍLIO, HISTÓRIAS VIVAS DE LIMOEIRO


Após alguns anos sem maiores contatos, Assis Pedrosa e Maurílio Ferreira Lima se encontraram, na última terça-feira, no Ministério Público Federal, em Recife. Os dois limoeirenses fizeram parte do grupo de companheiros que, sob o comando de José Barbosa de Paula e José Bione Filho, foram os responsáveis pela grande vitória da oposição local em 1968, quando derrotaram o Coronel Francisco Heráclio, que não havia perdido nenhuma eleição no período próximo dos 40 anos. 
Maurílio foi cassado em dezembro de 68, quando era deputado federal, e exilou-se na Argélia. Voltou ao Brasil na mesma época que Miguel Arraes, Leonel Brizola, Francisco Julião, Gregório Bezerra e tantos outros que também tinham sido cassados. Assis Pedrosa continuou em Limoeiro, onde foi vereador e deputado estadual, sempre na oposição, foi preso pelo Golpe Militar em 1970, tendo sido levado, aqui de Limoeiro, pelo exército para o 14 RI, em Socorro, Jaboatão, onde ficou recolhido.
Assis Pedrosa, Maurílio Ferreira Lima, ambos de Limoeiro, Osvaldo Lima, de Bom Jardim, Sergio Murilo, de Carpina, e Evandro Cavalcante, de Surubim, eram os principais líderes da oposição e principais inimigos do governo, na época, na região.

Texto e foto extraídos do facebook de Assis Pedrosa

Postador Paulo Pinto

Aqui você coloca uma descrição do postador exemplo. Oi lá! eu sou um verdadeiro entusiasta Na minha vida pessoal eu gastar tempo com a fotografia, escalada, mergulho e passeios de bicicleta da sujeira.
«
Proxima
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Deixe uma resposta