» » O cantor Cauby Peixoto morreu aos 85 anos em São Paulo


O cantor Cauby Peixoto morreu aos 85 anos em São Paulo. A notícia foi confirmada pela assessoria do cantor a sites de notícias no começo da madrugada desta segunda-feira (16). As causas do óbito ainda são desconhecidas. Em uma página definida como fã clube do cantor, há uma mensagem e uma nota de pesar sobre a morte: "Com muita dor e pesar, informamos aos amigos e fãs que nosso Cauby Peixoto acaba de falecer às 23h50 do dia 15 de maio. Foi em paz e nos deixa com eternas saudades".
Cauby Peixoto estava em turnê com a cantora Ângela Maria, de quem era amigo há décadas. Os dois rodavam o Brasil com o show 120 anos de música, no qual interpretavam composições do disco Reencontro e sucessos marcantes na trajetória de cada um da dupla. No mês de setembro, ele cancelou uma apresentação por conta de uma gripe e, em 2015, ficou internado em uma unidade hospitalar em São Paulo, mas a família preferiu não revelar o motivo.
A morte do cantor encerra uma das carreiras mais longevas da história da música brasileira. Cauby Peixoto, inequivocamente reconhecido pela música Conceição, começou a trajetória artística há mais de sete décadas, em fins de 1949, quando trocou um emprego no comércio pela sorte nas apresentações como calouro das rádios, canto já experimentado em coral da igreja e em boates ainda durante a infância e a adolescência.
Voz aveludada, venceu mais de uma dezena de concursos musicais nas rádios e começou a consolidar uma carreira marcada pelo fortalecimento da música brasileira durante a era de ouro do rádio, da qual foi um dos expoentes. Lançou o primeiro disco em 1951, Saia branca, mas só viria engatar de vez sucessos depois de o irmão Moacyr apresentá-lo a Di Veras, empresário reconhecido no mercado à época, através de quem ele conseguiu chegar à Rádio Nacional.  

Com informações do Diário de Pernambuco


Postador Paulo Pinto

Aqui você coloca uma descrição do postador exemplo. Oi lá! eu sou um verdadeiro entusiasta Na minha vida pessoal eu gastar tempo com a fotografia, escalada, mergulho e passeios de bicicleta da sujeira.
«
Proxima
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Deixe uma resposta