» » » Governo não tem intenção de extinguir a EBC, diz ministro Padilha


O ministro da Casa Civil, Eliseu Padilha, disse nesta segunda-feira (12) que o governo não tem intenção de extinguir a Empresa Brasil de Comunicação (EBC).
 “A EBC tem um papel importante para o estado brasileiro, o cidadão brasileiro. Não é uma empresa que compete em mercado”, disse o ministro, ao participar do evento Os desafios do Brasil, promovido pela Consulting House, na capital paulista. “Será tratada com respeito, porque tem mais de 2 mil funcionários qualificados, que querem servir ao Brasil. Nós temos que encontrar formas disso acontecer”.

STF


Na última quinta-feira (8), o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Dias Toffoli revogou a liminar que mantinha o jornalista Ricardo Melo na presidência da EBC. A decisão foi tomada após a publicação do decreto que alterou o Estatuto Social da  empresa. Com a decisão de Toffoli, o jornalista Laerte Rimoli, que havia sido nomeado em maio para o cargo, foi automaticamente reconduzido à presidência.
Padilha disse que a empresa será gerida com responsabilidade e que não terá mais “contratos bondosos”. “Patrocinar jogos [de futebol] da terceira divisão aqui em São Paulo, não cabe a uma empresa pública deste porte”, disse. “[A EBC] tem que ter uma relação de custo-beneficio que justifique os investimentos feitos nela”, acrescentou.
A EBC gere a TV Brasil, TV NBR, Agência Brasil, Portal EBC, Radioagência Nacional e o sistema público de rádio.

Da Agência Brasil

Postador Paulo Pinto

Aqui você coloca uma descrição do postador exemplo. Oi lá! eu sou um verdadeiro entusiasta Na minha vida pessoal eu gastar tempo com a fotografia, escalada, mergulho e passeios de bicicleta da sujeira.
«
Proxima
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Deixe uma resposta