» » » MOTORISTAS DENUNCIAM IRREGULARIDADES NO VEÍCULO UTILIZADO EM BLITZ DE TRÂNSITO DE LIMOEIRO


Já diz o ditado “Faça o que digo, mas não faça o que faço!” e é justamente esse o pensamento de muitos dos motoristas e motoqueiros de Limoeiro. Durante a última semana, a redação do AQUI NOTÍCIA recebeu várias denúncias de motoqueiros e motoristas de Limoeiro insatisfeitos com o fato contraditório que o ocorre no trânsito da cidade, quando o veiculo utilizado pelo diretor de trânsito do município nas blitz, Arnaldo Pimentel acumula mais de R$ 2.700,00 em multas. Checamos a informação junto ao órgão competente, o que ficou confirmado. Vale salientar, que este veículo, um Fiat Pálio preto de placas OYR 3182 não é um carro oficial da Prefeitura de Limoeiro, mas sim de propriedade do diretor, que o utiliza como viatura para os serviços da Diretoria de Trânsito da prefeitura, por conta da falta de viatura para a Guarda Municipal. 
Há algum tempo atrás, a cidade de Limoeiro possuía viaturas da Guarda Municipal, cuja função era de fiscalizar, organizar e fazer blitz no trânsito da cidade Princesa do Capibaribe, onde segundo informações encontram-se em manutenção e passados três meses da gestão ainda não foram pras ruas.. É ilógico cobrar do outro o que não se cumpre em casa, o que não justifica praticar o mesmo erro por parte dos motoristas, até porque a “lei é para todos” e deve ser cumprida.
A Guarda Municipal cumpre sua tarefa de fiscalizar e faz uso de suas atribuições conforme a legislação, mas é obrigação da gestão, seja ela qual for, de disponibilizar veículos oficiais ou adquiridos por meio licitatório para tal função.
A Prefeitura de Limoeiro, recentemente contratou a empresa Nunes & Nunes Transportes e Locações LTDA pelo valor de R$ 396.696,46 de forma emergencial para transporte escolar da rede municipal e universitária, agregou vários veículos para diversas funções (que é de praxe em toda gestão), mas esqueceu de adquirir viaturas específicas para o controle do trânsito na cidade, onde hoje só se ver as motos e com isso sacrificando de forma “ilegal” o veículo particular do diretor, que passou a ser equipado com equipamentos sinalizadores que deveriam estar instalados em veículos devidamente criados para a função e não descaracterizando o modelo em questão.
Procurado pela reportagem do AQUI NOTÍCIA, o Diretor Arnaldo se pronunciou por meio de nota que segue abaixo:

“Amigo Paulo, fui informado de tal fato e procurei verificar, como também o Secretário Antonio Neto tomou conhecimento e me alertou. Procurei verificar junto ao Detran em Recife e realmente consta em aberto. Não vou negar o fato. Procurei o despachante da Italiana onde adquiri o veículo, existe um erro entre a revendedora e o órgão. Estou aguardando o final da greve do Detran para resolver. Descobri o fato quando fui tirar a guia para pagamento do ano de 2017, comuniquei o fato ao secretário e não estou utilizando o veículo. Agradeço sua atenção, mais tomei todas as providências quando descobri o fato.
Estou afastado do serviço, por ordem superior, até que seja resolvida a questão junto ao órgão competente. Ficando o Sgt. Guedes a frente das ações, como Diretor Operacional.
Coloco-me a sua disposição para qualquer esclarecimento.
Arnaldo Pimentel”


Imagem enviada via WhatsApp

Postador Paulo Pinto

Aqui você coloca uma descrição do postador exemplo. Oi lá! eu sou um verdadeiro entusiasta Na minha vida pessoal eu gastar tempo com a fotografia, escalada, mergulho e passeios de bicicleta da sujeira.
«
Proxima
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Deixe uma resposta