» » » CLIMA QUENTE NO DEBATE DA CÂMARA MUNICIPAL DE LIMOEIRO


O clima esquentou na tarde de ontem (05) na reunião da Câmara Municipal de Limoeiro. Projetos do executivo foram aprovados, requerimentos dos vereadores foram aprovados, mas o que mais se era esperado desde o início era o embate nos últimos cinco minutos finais. O vereador Bau da Capoeira saiu na frente falando de seus requerimentos e se defendendo das “acusações” referentes ao acidente que vitimou o jovem Igor. O vereador Zé Higino fez a parte diplomática sem fugir das ações normais e fundamentais onde a verdade prevalecerá mediante as investigações dos órgãos competentes e de forma exemplar, onde segundo o mesmo não haverá fuga, pois a verdade será investigada a fundo pela justiça.
Já em suas palavras o vereador Marcos Sérgio foi além, mostrando competência e acima de tudo conhecimento de fato e de direito, não só como vereador, professor e acima de tudo como policial. Mostrou falhas diversas e se mostrou imponente em de fato e direito formalizando seus fundamentos conforme manda a lei e baseado nas falhas do instrumento de investigação, no caso o ônibus. Marcos Sérgio foi determinante em suas palavras e de forma consistente cravou seu pronunciamento sem deixar brechas para debates.
Cabe agora a justiça chegar a um determinador comum e resolver que de fato e direito seja o verdadeiro culpado.
familiares e amigos do jovem Igor estiveram presentes na reunião cobrando justiça e punição aos "culpados'.








Postador Paulo Pinto

Aqui você coloca uma descrição do postador exemplo. Oi lá! eu sou um verdadeiro entusiasta Na minha vida pessoal eu gastar tempo com a fotografia, escalada, mergulho e passeios de bicicleta da sujeira.
«
Proxima
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Deixe uma resposta