» » » STF tira ministro Roberto Freire dos investigados. Agora, são seis pernambucanos com inquéritos abertos


O Supremo Tribubnal Federal, na noite desta terça-feira (11), corrigiu sobre o ministro da Cultura, Roberto Freire, e cinco senadores que, inicialmente, constavam na lista de investigados no âmbito da Operação Lava Jato. De acordo com o STF, os inquéritos abertos contra o ministro e os senadores foram remetidos para uma nova manifestação da Procuradoria-Geral da República (PGR).
Entre os senadores que tiveram a situação corrigida estão Eduardo Amorim (PSDB-SE), Maria do Carmo Alves (DEM-SE), Garibaldi Alves Filho (PMDB-RN), Marta Suplicy (PMDB-SP) e Agripino Maia (DEM-RN).

Pernambucanos investigados na Lava Jato

Com o inquérito de Roberto Freire sendo encaminhado para uma nova análise pela PGR, passam a ser agora seis os pernambucanos investigados com base nos depoimentos de delação premiada de ex-diretores da empreiteira Odebrecht. Foram citados o ministr o das Cidades Bruno Araújo (PSDB), os senadores Humberto Costa (PT) e Fernando Bezerra Coelho (PSB), e os deputados Jarbas Vasconcelos (PMDB) e Betinho Gomes (PSDB) e o ex-prefeito do Cabo de Santo Agostinho Vado da Farmácia.

Foto reprodução
Do JC online

Postador Paulo Pinto

Aqui você coloca uma descrição do postador exemplo. Oi lá! eu sou um verdadeiro entusiasta Na minha vida pessoal eu gastar tempo com a fotografia, escalada, mergulho e passeios de bicicleta da sujeira.
«
Proxima
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Deixe uma resposta