» » » MARCOS SÉRGIO E O NOVO JEITO DE SE FAZER POLÍTICA


Um vereador de primeiro mandato, mas com postura de grande liderança política. Assim se podem descrever os primeiros meses de trabalho do vereador Marcos Sérgio.
Dono de uma postura firme e convicta, tem se mostrado independente em suas ações e acima de tudo conhecendo ponto a ponto o que se vota na Casa Agripino Almeida.
Esse conhecimento de causa faz do seu discurso uma certeza de um amanhã promissor, respeitado e elogiado pelos pares na Câmara Municipal e pelo o que vem desempenhando junto à sociedade limoeirense, Marcos Sérgio já desponta como um dos nomes fortes para 2020, o que ele nega, pois para ele o momento é agora, é o trabalho do dia a dia com o povo, visitando as comunidades, conversando com os jovens. “Todo político anseia um degrau a mais, mas é cedo para falar sobre o futuro. Esse é um assunto que será tratado na hora certa e em conjunto, uma vez que temos nomes de grande expressão em nosso grupo, pessoas competentes e essa escolha será em conjunto e que seja para o bem do povo limoeirense. O momento é o que vivemos agora, sem atropelos e trabalhando em conjunto não só com meus companheiros da oposição, mas também com todos que tragam o que seja bom e verdadeiro para o povo”. Declarou o vereador.
Marcos Sérgio tem chamado a atenção dos frequentadores da Câmara Municipal pela sua forma de atuação. Visto como ético e dono de um discurso direto ao necessário, ele chega como o novo e independente estilo de se fazer política.
Nos bastidores da Câmara ele é reconhecido como o grande orador, as palavras colocadas certas sem jamais alterar o tom aos companheiros de bancada e muito menos aos que fazem o grupo político do atual gestor, de quem é opositor.
Por falar em gestor, esse tentou de varias maneiras conquistar o apoio e adesão do vereador a bancada da situação, mas não é assim que a banda toca, uma vez que a fidelidade é um marco na vida pessoal, profissional e política do vereador. “Eu por várias vezes fui procurado pelo atual gestor e por membros da situação. Respeito qualquer pessoa que aceitou participar desta gestão da mesma forma que respeito o prefeito, mas não seria justo comigo e com meu grupo se eu aceitasse. Não posso plantar feijão e querer colher uma abobora.  Fui eleito defendendo uma linha política de um grupo, de um palanque e depois mudar apenas por conforto.” Exaltou Marcos Sérgio.
Vida de vereador de oposição é complicada, uma vez que muitas das ações junto à população dependem de parcerias com a prefeitura. “Eu me deparo com uma barreira enorme como legislados municipal de oposição. Em todas as reuniões da câmara, apresento requerimentos, já apresentei projetos, cobro as ações e procuro com transparência e responsabilidade fiscalizar o executivo municipal, aliás, essa é por si a principal função do vereador. Desde o primeiro dia de mandato venho solicitando, por exemplo, o calçamento das ruas da Cohab Nova e espero que essa obra seja feita, pois é a meta de meu mandato.” Declarou.

Pelo visto o futuro político próximo ou longínquo de Marcos Sérgio, não será de apenas vereador.

Imagem da assessoria do parlamentar

Postador Paulo Pinto

Aqui você coloca uma descrição do postador exemplo. Oi lá! eu sou um verdadeiro entusiasta Na minha vida pessoal eu gastar tempo com a fotografia, escalada, mergulho e passeios de bicicleta da sujeira.
«
Proxima
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Deixe uma resposta