» » » Operação Gênesis II: Catende vai apurar envolvimento de servidores em atos ilícitos


A Prefeitura de Catende divulgou nota afirmando que está colaborando integralmente com as investigações da 2ª Fase da Operação Gênesis, deflagrada pelo Ministério Público de Pernambuco (MPPE) nesta sexta-feira (16). O Grupo de Apoio Especializado de Enfrentamento às Organizações Criminosas do MPPE (Gaeco), com o apoio operacional da Polícia Civil de, investiga um suposto esquema de desvio de recursos públicos e fraudes em licitações em cidades do interior de Pernambuco. Um dos quatro mandados de busca e apreensão foi cumprido na sede da administração municipal e na Secretaria de Saúde para obtenção de documentos de procedimentos licitatórios. 
A primeira fase da Operação Gênesis desarticulou um esquema criminoso no município de Quipapá, onde nove empresas teriam praticado um conluio para ganhar os procedimentos licitatórios junto a Prefeitura do município. De acordo com apurações preliminares, R$ 18 milhões já foram liquidados em contratos com essas empresas, que possuem contratos totalizando R$ 300 mil com pelo menos 50 prefeituras no estado.
A partir dos documentos apreendidos na primeira fase, o MPPE identificou que uma das empresas envolvidas no esquema em Quipapá tem contrato com a prefeitura de Catende, a Rodocar. Os outros mandados de busca e apreensão foram cumpridos em três cidades em que a empresa possui sede, Catende, Garanhuns e Iati. 

A Prefeitura de Catende informou ainda que está fazendo um processo de distrato com a Rodocar, que ganhou a licitação para administrar o serviço de limpeza urbana no município, e fará a abertura de um novo processo licitatório. "Será aberto processo administrativo para apurar se existe envolvimento de agentes públicos em atos ilícitos no tocante à referida empresa", diz trecho da nota. 

Leia a íntegra da nota

"Sobre a segunda fase da Operação Gênesis, do Ministério Público do Estado de Pernambuco, deflagrada em vários municípios pernambucanos, a Prefeitura Municipal de Catende informa que está colaborando integralmente com as investigações e que está em andamento o distrato com a empresa envolvida e investigada, bem como a abertura de um novo processo licitatório para execução de serviço de limpeza urbana do município. Informa, ainda, que será aberto processo administrativo para apurar se existe envolvimento de agentes públicos em atos ilícitos no tocante à referida empresa". 

Foto: Divulgação / MPPE
JC Online


Postador Paulo Pinto

Aqui você coloca uma descrição do postador exemplo. Oi lá! eu sou um verdadeiro entusiasta Na minha vida pessoal eu gastar tempo com a fotografia, escalada, mergulho e passeios de bicicleta da sujeira.
«
Proxima
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Deixe uma resposta