» » » Pernambuco investiga terceira morte por suspeita de arbovirose


Mais um óbito associado a arboviroses está sendo investigado no Estado. É o terceiro este ano. Desta vez, a morte foi de um adolescente de 15 anos e aconteceu em Ribeirão, na Zona da Mata, no dia 10 de fevereiro. A informação consta no sexto boletim epidemiológico de 2018 da Secretaria Estadual de Saúde (SES), que considera os dados até o dia 10 de fevereiro. Análises laboratoriais, avaliação domiciliar e hospitalar do caso poderão confirmar ou descartar que ele tenha morrido em decorrência de dengue, zika ou chicungunha.
Os outros casos que estão sendo analisados pelo Comitê Estadual de Discussão de Óbitos por Dengue e outras Arboviroses são de uma mulher, de 39 anos, natural de Moreno, no Grande Recife, que faleceu em 26 de janeiro, e o de um bebê, de 1 ano, de Iguaracy, no Sertão, que morreu no dia 31 do mesmo mês. No mesmo período de 2017, foram notificados nove óbitos suspeitos.

REDUÇÃO DE CASOS
Conforme o boletim, Pernambuco já registrou 854 notificações de dengue, provenientes de 78 municípios, sendo 59 confirmados e 109 descartados. Outras 206 notificações de 60 cidades foram de chicungunha, com nove confirmações e 84 descartes. De zika são 31 casos, 11 descartados e nenhum confirmado até agora.
As notificações de todas as arboviroses tiveram significativas reduções em relação ao mesmo período do ano passado. A maior foi dos casos de zika (76,2%), seguida de chicungunha (70,7%) e dengue (43,4%).


Do JC online

Postador Paulo Pinto

Aqui você coloca uma descrição do postador exemplo. Oi lá! eu sou um verdadeiro entusiasta Na minha vida pessoal eu gastar tempo com a fotografia, escalada, mergulho e passeios de bicicleta da sujeira.
«
Proxima
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Deixe uma resposta