» » » Crianças carentes são impedidas de entrar em cinema em Garanhuns



As telas do cinema reproduzem filmes dos mais variados gêneros, mas quando vivemos a ficção na realidade, choca mais do que qualquer roteiro de Hollywood. Na tentativa de assistir um filme no cinema pela primeira vez, duas crianças carentes ficaram na entrada do Cinema Eldorado, em Garanhuns, no Agreste de Pernambuco, e conseguiram a doação de ingressos de um casal, que também assistiria ao filme na sessão das 18h40, do domingo (15). Os cartazes anunciavam: “Os Incríveis 2”, mas de incrível mesmo só a expectativa das crianças, que tiveram o sonho interrompido simplesmente por estarem descalços. Eles acabaram impedidos por uma funcionária do cinema de entrar na sala de exibição.
“Ela informou que se posicionou dessa maneira por precaução para que as crianças não se machucassem”, relata o Moviemax Cine Eldorado, em conversa com a reportagem do Jornal do Commercio. O que deveria ser um momento de diversão se transformou em decepção. O casal que doou os ingressos se comprometeu em acompanhá-los e garantiu que nada aconteceria, mesmo assim não foram autorizados.
Em comentários nas redes sociais do cinema, os clientes relatam que a o casal chegou a oferecer seus próprios sapatos, mas sem sucesso. Outro casal viu a cena e tentou ajudar, indo até ao supermercado Bonanza na tentativa de comprar sandálias para os meninos, mas não encontraram o produto.

O vilão sempre aparece nas melhores cenas
O desfecho da história não teve fins alegres, como no filme que eles assistiriam. As várias tentativas e conversas do casal em entrar com as crianças não chegaram a lugar algum - a não ser de voltar para a rua, de onde os meninos já tinham vindo. A administração do cinema emitiu um pedido de desculpas e relatou que a “atitude tomada pela funcionária poderia ter sido muito mais maleável.”

Os heróis sempre vencem
Para remediar a situação, o Moviemax promete oferecer um mês grátis para que os dois possam assistir aos filmes infantis, com direito à pipoca e refrigerante gratuitos. Apesar disto, as crianças não foram encontradas para receber o pedido de desculpas.
“Até o momento não conseguimos contactar as crianças, mas estamos com um funcionário empenhado nessa função. Ele conseguiu, por meio de comerciantes da área, o endereço, porém não havia ninguém em casa. Esperamos ter notícias em breve”, contou a administração do Cine Eldorado.
“O que o mundo quer é que a gente se ajuste para ser igual aos outros”, já dizia um trecho do primeiro filme "Os Incríveis". 

Foto: Reprodução/Google Maps
Do JC Online


Postador Paulo Pinto

Aqui você coloca uma descrição do postador exemplo. Oi lá! eu sou um verdadeiro entusiasta Na minha vida pessoal eu gastar tempo com a fotografia, escalada, mergulho e passeios de bicicleta da sujeira.
«
Proxima
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Deixe uma resposta