» » Tio que engravidou sobrinha de 12 anos no Sertão é suspeito de matá-la



Um homem foi preso por ordem de um mandado de prisão, na tarde dessa segunda-feira (9), em Juazeiro, na Bahia. Segundo a Polícia Civil, Ivan da Silva Pereira, é o principal suspeito de assassinar uma garota de 12 anos, sobrinha de sua esposa, no Povoado de Atalho, em Petrolina, Sertão de Pernambuco.
De acordo com o delegado Adriano Sapucaia, responsável pela investigação do caso, a morte da criança foi registrada no mês passado e, até então, estava sendo tratada como suicídio. No entanto, através das investigações e dos depoimentos dos familiares da vítima, a Polícia Civil descobriu que o suspeito mantinha um relacionamento abusivo com a criança e que ela estaria grávida, levantando a hipótese de homicídio.
O corpo da menina foi encontrado com uma corda no pescoço, pendurado em uma árvore, próximo a um chiqueiro de porcos. As testemunhas afirmaram que Ivan teria passado por esse local, que está relacionado com a família. Os policiais interrogaram o acusado, que entrou em contradição sobre os fatos, aumentando a suspeita de que ele seria o responsável pela morte da criança.

O suspeito pode ser condenado por feminicídio
Para a polícia, Ivan assassinou a menina após descobrir a gravidez. O delegado pediu um exame de DNA para confirmar se a criança era do suspeito. Se for comprovado, Ivan pode ser condenado por feminicídio e estupro de vulnerável.
O resultado do laudo do Instituto de Medicina Legal (IML) comprovou que a criança morreu asfixiada e que ela estava no segundo mês de gestação. Em seguida, o delegado solicitou à Justiça um mandado de prisão preventiva e conseguiu prender o suspeito. Ele foi encaminhado para a Penitenciária Dr. Edvaldo Gomes, em Petrolina.

Foto: Reprodução/Google Maps
Do JC Online



Postador Paulo Pinto

Aqui você coloca uma descrição do postador exemplo. Oi lá! eu sou um verdadeiro entusiasta Na minha vida pessoal eu gastar tempo com a fotografia, escalada, mergulho e passeios de bicicleta da sujeira.
«
Proxima
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Deixe uma resposta