» » » Armando diz que Pernambuco andou para trás na gestão de Paulo Câmara



Candidato ao Governo de Pernambuco pelo PTB, Armando Monteiro Neto lançou seu comitê de campanha na manhã deste sábado em Boa Viagem na Zona Sul do Recife. Diante da militância ele não poupou críticas à gestão de Paulo Câmara e disse que as alianças feitas pelo governador não são coesas. "Aqui temos a convergência verdadeira de propósitos, não é como no outro campo que vemos a soma de adesões insinceras e todos aqui são ficha limpa. Sinto a energia da mudança, é a energia de esperança. Me disseram que a esperança tem duas filhas: a indignação e a coragem. Precisamos ter a capacidade de não aceitar mediocridade, arrogância, impostura e o domínio de um grupo que quer manter o poder para servir a um condomínio, lotearam Pernambuco. E temos que ter a coragem, pois Pernambuco não perdoa quem não se apresenta. Me sinto preparado para governar Pernambuco", comentou o candidato.
Armando ainda disse que a eleição de Paulo foi uma homenagem à morte de Eduardo Campos, mas que depois da homenagem as coisas não deram certo. "Infelizmente o Estado andou para trás, perdeu a batalha do emprego, a batalha na segurança, recuamos na saúde, perdeu voz no cenário nacional. Vocês sabem que em 2014 Pernambuco fez uma justa homenagem pelo trágico falecimento do ex-governador (Eduardo Campos). Mas àquela homenagem se seguiu uma grande decepção. É por isso que nesta eleição nós temos que homenagear o povo de Pernambuco, que agora precisa construir um novo rumo", disse. Armando ainda visitou o Mercado de Beberibe e realizou uma caminhada pelo bairro da Mustardinha.

Foto: Cássio Oliveira / JC
Do JC Online


Postador Paulo Pinto

Aqui você coloca uma descrição do postador exemplo. Oi lá! eu sou um verdadeiro entusiasta Na minha vida pessoal eu gastar tempo com a fotografia, escalada, mergulho e passeios de bicicleta da sujeira.
«
Proxima
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Deixe uma resposta