» » » O PERU DO CÃO COXO NA PROGRAMAÇÃO DA 14º CONFERÊNCIA ESTADUAL DE EDUCAÇÃO DO SINTEPE EM GRAVATÁ NESTA QUINTA-FEIRA (30)



O CENTRO DE CRIAÇÃO GALPÃO DAS ARTES COM O PÉ NA ESTRADA

Cumprindo o itinerário das cidades de Recife, Carpina, Surubim, Serra Talhada, Triunfo, João Alfredo, Taperoá (PB), Sanharó e Olinda a peça teatral” O Peru do Cão Coxo”, montagem do Centro de Criação Galpão das Artes, de Limoeiro, continua na estrada com a comédia assinada por Ariano Suassuna, e ambientada no Sertão de Taperoá, terra do escritor.

No primeiro contato com o público no final do ano passado (pré-estreia em Recife), a montagem teatral recebeu a apreciação dos familiares do escritor, através da esposa, filhas, sobrinha, netos e bisnetos.

Na trama escrita pelo Mestre Suassuna, a preguiça é descortinada em um picadeiro de intrigas no Sertão de Taperoá, quando um poeta e sua esposa são alvo de uma dupla de trapaceiros. No elenco, estãoJadenilson Gomes, Charlon Cabral, Lucas Dias, Gaby Salles, Wíris Costa, Allan Victor, Dvson Alves e Thiago Freitas.

A direção de arte conta com as mãos de Thiago Freitas, enquanto o figurino, rico em retalhos, passaram pelo zelo e capricho dos costureiros Sivaldo Moura e Wellington Pereira. 

SINOPSE- O espetáculo descortina a preguiça em um picadeiro de intrigas no sertão de Taperoá. Na farsa, o poeta Joaquim Simão e Nevinha, sua esposa, são alvos dos trapaceiros Aderaldo Catacão e Clarabela, sem esquecer ainda a algoz Andreza.  A pseudo intelectual, Clarabela, tem um disfarçado interesse pela poesia de Joaquim Simão e por este um escrachado desejo amoroso, da mesma forma que Aderaldo  investe também um escancarado caso amoroso por Nevinha. Sem sucesso nas investidas do coração, o ganancioso casal de ricos acaba por ser ludibriado pela dupla formada por Cão Coxo e Cão Caolho que perde tudo que possui, inclusive o danado do peru.



Além da pré-estreia na capital pernambucana, o espetáculo cumpriu uma temporada de três finais de semana em Limoeiro e retornou a Recife para cumprir mais uma apresentação, sendo esta no 19º Festival Recife do Teatro Nacional, no COMPAZ Escritor Ariano Suassuna.
Na criação do cenário e direção do espetáculo, Charlon Cabral (arte educador) mais uma vez voltou à cena.



SERVIÇO:

30/08 (quinta-feira) às 20 horas no Hotel Canarius em Gravatá – Pernambuco na programação da 14º CONFERÊNCIA ESTADUAL DE EDUCAÇÃO DO SINTEPE 

Maiores informações com Fábio André (81) 9.9739.6207


Postador Paulo Pinto

Aqui você coloca uma descrição do postador exemplo. Oi lá! eu sou um verdadeiro entusiasta Na minha vida pessoal eu gastar tempo com a fotografia, escalada, mergulho e passeios de bicicleta da sujeira.
«
Proxima
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Deixe uma resposta