» » » PASSIRA: Em tempos de feminicídio, prefeita é ameaçada por vereador



Na manhã de hoje, no plenário da Câmara Municipal de Passira, uma importante palestra foi realizada com o Promotor de Justiça Fabiano Beltrão. Na ocasião o tema em destaque foi a violência contra a mulher, um assunto que vem sendo destaque em todo o território nacional.

As consequências, o fator motivador, como evitar, o que fazer e como punir são perguntas frequentes no cotidiano. A Secretaria de Assistência Social e da Mulher da Terra do Bordado Manual e do Milho, tem desenvolvido um trabalho impecável na defesa da mulher passirense, mas coincidentemente, a mesma Passira é palco de um fato lamentável, onde  independente de grupo de situação ou oposição, quando ambos deveriam preservar o respeito mútuo em qualquer esfera política, o que não é o caso na cidade de Passira, localizada no agreste pernambucano.
Em meio as divergências políticas um caso preocupante surge no cenário, quando um vereador oposicionista faz graves ameaças à prefeita Renya Carla. Trata-se do vereador Fia, que em público chegou a insinuar que a prefeita fosse vítima de assalto e de um provável atropelamento.
Segundo relatos de populares, é constante no município escutar críticas raivosas do vereador contra a prefeita.
Nossa reportagem entrou em contato, por telefone com a prefeita Renya, que se mostrou preocupada com as ameaças sofridas. “É lamentável ver um representante do povo agindo de forma violenta contra mim. Não pelo fato de ser mulher, mas por conta do cargo que exerço. Estou tomando todas as providencias necessárias para garantir minha integridade física e moral. Já me reuni com minha família, conversamos, pedi atenção de todos e caso alguma coisa venha a acontecer comigo, que procurem e exijam uma investigação ampla. Espero que tudo não passe de um mero impulso momentâneo, mas se por acaso algo venha a acontecer com minha pessoa, tenho gravações comigo e com pessoas de minha confiança provando todas as ameaças que venho sofrendo. Também já estou em contato com meu advogado para que providencie um Boletim de Ocorrência”. Relatou a prefeita.
Em Passira a política sempre teve um tempero acirrado, mas não com esse tom de violência, o que é lamentável para a cidade e principalmente para a população.
O que chama a atenção nesse caso é que as ameaças foram feitas na tribuna da Câmara Municipal durante uma reunião ordinária sendo transmitido ao vivo pelas redes sociais e também pela emissora de rádio local, a Atividade FM.
Nossa reportagem não conseguiu contato com o vereador Fia para comentar o ocorrido.

Postador Paulo Pinto

Aqui você coloca uma descrição do postador exemplo. Oi lá! eu sou um verdadeiro entusiasta Na minha vida pessoal eu gastar tempo com a fotografia, escalada, mergulho e passeios de bicicleta da sujeira.
«
Proxima
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Deixe uma resposta